11.2.10

what's in a name?

- a mãe diga que é minha mãe que ele gosta,  ele é alentejano... tem sempre muito trabalho...
pode ser que desse modo vá mais depressa.
assim fiz.
- olhe bom dia, eu sou a mãe da joana freitas (nome fictício) ...
- ah, a mulher do sr. manuel freitas (nome fictício), o filho da sra. d. ...
- luísa? (nome fictício)...
- pois, da sra. d. luísa freitas. luísa freitas bettencourt (nome fictício)...
aprazado o dia e a hora para o arranjo da máquina de lavar:
- fica então combinado para sábado, está bem sr. antónio lopes (nome fictício)?
- pode contar comigo. e qual é o nome da senhora?
- ana seixas (nome fictício).
- ah é um nome muito relevante... mesmo relevante...
- relevante?
- sim é um nome muito importante... de muito peso, relevante!
- e eu só lhe disse o primeiro o o último...
- seixas é um nome muito relevante...
- se calhar o sr. conheceu foi um avô meu que foi um escultor conhecido, seixas da silva (nome fictício)?
- talvez... seixas da silva...deixe lá ver...
- mas então posso é contar consigo no sábado? e depois aproveita para ver também o frigorífico, não é?
- sim sra. d. ana seixas, no sábado vimos isso tudo.

No comments:

Post a Comment

Note: only a member of this blog may post a comment.