30.4.10

área inútil

ao terceiro telefonema inquirindo as razões do que, aos olhos dos meus queridos interessados, aparece como um fenómeno bastante invulgar - evidente aumento de massa corporal (maior tamanho, mais superfície) com redução de peso útil e maior leveza de movimentos, físicos e psíquicos, achei que devia uma explicação tanto quanto pública: é que passei uma tarde com uma amiga! uma amiga que é simultaneamente nova e velha: nova porque nunca foi, na verdade, minha amiga; velha porque há anos que sonho em ser amiga dela.
quando nos despedimos não dissemos o que teríamos dito se, em vez de sessenta tivéssemos apenas seis anos - "vamos ficar amigas uma da outra?" - mas para mim foi tal e qual como se tivéssemos perguntado isso mesmo e ouvido responder que sim, que íamos ficar amigas. e foi a parir daí que eu comecei a crescer em tamanho e a diminuir em peso útil. nada de extraordinário portanto.

1 comment:

  1. Já a medo por terem falhado outras tentativas chamou-me a atenção esta insistência nas áreas úteis.tamanhos, susperfícies e aumentos. uma amizade sonhada "e foi a parir daí", porque não?

    ReplyDelete

Note: only a member of this blog may post a comment.