11.1.10

balançada

uma tristeza finita, 
uma solidão relativa, 
um abandono tolerável,
uma proximidade distante,
uma dor suportável,
um passar-se ao lado de frente, 
oh diabo, esta pretensiosa enunciação confessional, assente na monótona repetição de substantivo + adjectivo, parece-me tão pedro abrunhosa que até ouço, na mudez das minhas palavras escritas, a voz, do porto e de engate, do homem. ESTE POSTE NÃO VALE. 

No comments:

Post a Comment

Note: only a member of this blog may post a comment.