6.5.10

síndroma de mãe?

repete-se de ano para ano. mal sou oficialmente informada do dia da chegada a "casa" da minha filha mais nova, uma mulher que cozinha muito melhor do que eu e que, além disso, é casada com um excelente cozinheiro (ainda por cima no desemprego) eu, que sempre tive fama e proveito de não saber nem gostar de cozinhar, a primeira coisa que me ocorre é reunir todos os tostões disponíveis e partir, entusiasmada, numa missão de abastecimento do congelador, a cabeça a fervilhar de menus especiais e receitas tradicionais.

No comments:

Post a Comment

Note: only a member of this blog may post a comment.