12.12.11

daily report

1. tentativa fracassada de recuperação do cartão MB: ida primeiro ao montepio cuja máquina o comeu e depois à CGD - onde não me devolveram o cartão, onde tive de escolher entre esperar uma semana, pela substituição do comido (9 euros) o qual, ainda por cima só pode ir para lisboa, ou pedir um novo urgente (perto de 30); escolhi o que vai para lisboa pois, não tendo dinheiro na conta tanto me faz ter cartão MB ou não ter.
2. tentativa fracassada de dar os restos de roupas dos guichas que rebolam no meu carro há quase três anos. apesar do letreiro dizendo "aberto" que estava pendurado na porta, estava fechado. voltei a carregar com a saca para o carro.
3. telefona o pintor, um dos, que já estava na casa para onde vim a correr. feito o orçamento, mantendo o amarelo - perto de 800 euros. de branco, como eu queria, seria 3 vezes mais. descorçoada.
4. requintadíssimo pequeno almoço porque com tudo o que há de mais simples e verdadeiro - pão genial, manteiga sem sal, queijo fresco e bom café.
5. parti contente para a sofa planet cujo orçamento para 10 camas com colchões, dos mais rijos, though ( e baratos) é de 1800.
6. ainda contente fui a Almádena, finalmente, conhecer a decoradora bela. mesmo programa, mas com uns colchões um pouco melhores, 2000.
7. era hora de vir o jardineiro do meu afilhado - um psicólogo que deixou lisboa e a clínica para vir tratar de jardins, e de uma horta, com o pessoal da sua empresa, para lagos. animada conversa e boas perspectivas de negócio. rondará os 40 a 50 por mês (e o sr. zé, um nortenho vivaço a pedir 150)
8. acabada a sanduiche de salmão e rúcula com um copo de leite, logo aparece o tipo da EDP que, além de ligar a luz, me deixou o contacto de um electricista para pedir novo orçamento.
9. telefona a menina da d. alice das cortinas que vinha medir as janelas e ver os sofás para fazer as capas. felizmente não há o tecido horrível que a ljuba queria. orçamento só das capas das almofadas 350.
10. ao fim da tarde chega o electricista recomendado pelo tipo da EDP que acaba de sair prometendo mandar o orçamento amanhã.
11. enquanto guiava o electricista pelo res do chão telefona o senhor do coisas e afins a perguntar se as camas eram para um hotel - parece que os preços são mais baratos. estúpida disse que não. mas ele promete desconto. será o terceiro. desta vez não pecarei por falta de orçamentos. já vou numa média de 2 para cada tarefa e ainda faltam muitos mesmos.
toda esta actividade sem um cêntimo no bolso já que ontem, esquecida de que não tinha cartão MB, fui aviar-me ao Lidl onde até tive de deixar as asas de frango e a garrafa de azeite para a conta não ultrapassar os únicos 40 euros que me restavam.
esta noite bebo um copo de vinho de porto (que sobrou do casamento) à minha relação com o Pedro, isto é, à nossa filha Rosa - o terceiro que sempre caminhará ao nosso lado.
 
tipo da EDP ligar os contadores. passou a haver luz e o nome de um outro electricista a quem logo telfonei pedindo orçamento.

No comments:

Post a Comment

Note: only a member of this blog may post a comment.