21.4.10

what's in your mind (à la facebook com inspiração seusseana)

havia coisas paradas e havia coisas a mexer. coisas paradas!? se eram realmente coisas como podiam estar paradas?  as coisas estão sempre em movimento, as coisas andam naturalmente de um lado para o outro, num movimento natural que começa a leste e se dirige para o oeste (sem contudo nunca lá chegar...). pronto então não seriam coisas... mas  e o que poderiam ser aquelas coisas, em tudo iguais às outras mas que não se mexiam? poderiam ser paragens? acho que não pois, como sabes, toda a paragem, sendo paragem de (um) movimento, é ainda uma parte do movimento. parar é andar, uma paragem é um movimento parado, se quiseres um movimento sem movimento. como deves imaginar, isso é que é o auge do absurdo, o movimento ou (se) move ou não é movimento.não sei, sei que havia coisas e que, entre elas, umas era como se estivessem paradas e outras era como se estivesse em movimento. agora - que se tenham posto todas a andar ao mesmo tempo... isso não há como crer (nem querer).

No comments:

Post a Comment

Note: only a member of this blog may post a comment.