9.2.11

 














gosto tanto das 'coisas' da ana vieira: das transparências às envolvências, passando pelos cortes e recortes, tudo nela me convoca à fusão entre pensamento e sentimento. leve o peso da sua gravidade. aqui em dois tons de azul.

No comments:

Post a Comment

Note: only a member of this blog may post a comment.